Circo

Espetáculos

Os Animais Voltaram


“Os Animais Voltaram”: Circo Spacial faz homenagem aos animais que eram o ponto alto no Circo 

Através de uma experiência sensorial o público será transportado aos tempos onde os animais eram as atrações do picadeiro 

O maior e mais premiado circo brasileiro contará de forma lúdica a história dos animais no picadeiro dos circos brasileiros, através de um tributo emocionante. Com projeções holográficas e a reprodução de cheiros e sons o público terá uma experiência próxima do real de como eram essas apresentações que faziam com muitos aguardassem filas e mais filas à espera do espetáculo. 

O novo espetáculo terá um quadro na segunda parte do espetáculo dedicado totalmente à volta dos animais ao picadeiro, será uma homenagem à cultura circense e através de uma releitura o Circo Spacial faz uma homenagem aos animais que sempre foram o ponto alto das atrações com seus números exóticos. Essa experiência será representada ora por figurinos, em outros momentos através de projeções holográficas de tirar o fôlego e uma trilha sonora espetacular capaz de emocionar todos que vivenciaram esses momentos nas época de glória dos circos. 

Entre os nomes de maior sucesso que fizeram história com os animais, a direção do espetáculo usou como referência, Orlando Orfei, o domador mais famoso do Brasil com seus leões e tigres, os irmãos Garcia com seus chimpanzés e elefantes e Beto Carrero, amigo pessoal da dona do Circo Spacial, com Faísca e seus tigres de bengala. 

A direção artística do Circo Spacial sempre apostou em produções futuristas não é a toa que o circo carrega com muito orgulho e premiações o nome de “Spacial” portanto acreditam que a holografia é a forma correta deles resgatarem e manterem os animais vivos reforçando a tendência que acreditam acontecer em um futuro próximo nas apresentações circenses. 

"O espetáculo será uma homenagem também aos animais que se apresentaram no Circo Spacial, a elefanta Liza, os chimpanzés Samuca e Alex, os pôneis, os cavalos, os cachorros que jogavam bolas, entre tantos outros. Era uma alegria imensa ouvir o público suspirando com a entrada da menor domadora do mundo com seu enorme elefante, esta imagem jamais sairá da minha memória. São vinte anos sem tê-los em meu picadeiro, e até hoje o público ainda pergunta se tem animais!" contou emocionada Marlene Querubin, CEO do Circo Spacial. 

Ficha técnica: Circo Spacial : "Os animais Voltaram" Duração : 50 minutos Direção geral:Marlene Querubin Direção Espetáculo: Margareth Querubin Direção Musical: Ney Marques, Marlene Querubin e Miguel Projeção: All Lights Eventos e Produções e M2G3 Marketing e Eventos Ltda Holografias:SBS Studios Licenciamento: Roberto Camargo - URL Company 


Imprensa: DComunica 


Serviços: Circo Spacial Avenida João Dias, 2476 "Os animais Voltaram" Sexta Feira às 20:30hrs Sábado, Domingo e Feriados às 16:00, 18:00 e 20:30 hrs Valores: Cad.Pop R$ 40,00 Cad.Central R$ 50,00 Frontal R$ 70,00 Camarote 4 lugares R$ 350,00 Crianças acima de 2 anos pagam meia entrada www.spacial.com.br Informações à Imprensa: 


Danielle Dendi D Comunica @dcomunicabr 11 998511491 


Espetáculo Variedades e Família Spacial 


O maior e mais premiado circo brasileiro dará sequência no mês das crianças ao espetáculo "Variedades" sob a direção de Margareth Querubin, que tem como principal objetivo reunir toda a família, mas dessa vez a novidade fica por conta da interação com os personagens da Família Spacial, queridinhos entre as crianças.

As atrações do Circo Spacial são voltadas para a toda família, levando o público para o mundo encantado do Circo, o espetáculo consegue ir além e faz com que o público sirva-se de diferentes sensações como o cheiro da pipoca, a sensação da serragem, a emoção e suspense entre um número e outro provocando calafrios, o colorido dos figurinos, entre outros detalhes.

Além o novo espetáculo as famílias poderão ter acesso ao novo CD da Família Spacial: Na minha festa que já está disponível em todas as plataformas digitais.

"A Família Spacial tem um poder incrível de recarregar as energias durante o espetáculo com os aplausos, encantamento e principalmente com o riso das criança, onde cantam e dançam com eles" conta Marlene Querubin, CEO do Circo Spacial.